Written by

Quais as implicações de ter design único para aplicativo Android e iOS?

pappeando, Sem categoria, Todos| Views: 147

 

 

Com certa frequência vejo projetos de aplicativos com design único a ser aplicado para Android e iOS. Isso é normal e existem fantásticas aplicações concebidas desta maneira. Problemas surgem quando as interações não são projetadas adequadamente ou, no pior dos casos, quando o cliente contratou uma empresa “especialista em design” que não era “especialista em mobile”.

Na Capptan entregamos esse tema aos responsáveis por UI&UX e, na avassaladora maioria dos cenários, a equipe tem concebido design e experiência adequados às características de cada SO.

No fim das contas o que realmente importa é a efetividade do aplicativo para o usuário final, entretanto, se tratando de uma decisão que pesa no bolso e qualidade do produto, listo abaixo motivos que pesam a escolha de optar ou não por design único. Ah, é claro que cada projeto trará um conjunto diferente de implicações, portanto, trate essa lista como uma opinião primária e particular, beleza? 😉

1. Recursos de engenharia e interação são diferentes entre os Sistemas Operacionais (SOs):

Cada SO possui recursos distintos, certo?

Um exemplo bem interessante que agora me vem à cabeça é o 3D Touch ou “toque por pressão” do iPhone. Trata-se de uma interação que apresenta mais opções ou infos de acordo com a “força” aplicada no toque. Sua aplicação dará suporte a este tipo de interação?

2. O uso dos mesmos recursos é feito de modo distinto pelas pessoas:

Interagindo com Android o usuário pode tocar no botão “Voltar” do SO em detrimento de fazer isso pelo app – como a maioria dos usuários iOS fazem.

Embora a situação acima possa ser resolvida mesmo com layout único (“linkando” as telas anteriores no caso do Android), existem diversos outros tipos de interação a citar. Veja só:

  • Selecionar e manipular itens (anexar/compartilhar, seleção múltipla, edição, exclusão): com movimentos no iOS, com botões no Android.
  • Interação com recursos nativos: o uso de bluetooth, por exemplo, em um app iOS requer mais mensagens de feedback ao usuário, visto que o SO possui tratamentos mais robustos que o Android nos quesitos: segurança para primeiro pareamento, dispositivos desconhecidos, tempo de reestabelecimento de pareamento em caso de queda, duração do pareamento e etc. Se isso é diferente, como a experiência do usuário em um app pode ser concebida da mesma maneira?

Interação com menus/formulários: bottom menu versus side menu. Seletores de data (calendário), seletores de listas e filtros.

Interação com notificações, webviews/browser.

3. Pessoas estão acostumadas com os apps que usam todos os dias:

Falando sobre aplicativos comerciais robustos, um layout específico para cada Sistema Operacional é o normalmente adotado principalmente porquê exploram os recursos de interação disponíveis (vide 3D Touch).

Exemplos: Airbnb, Mail Clients, WhatsApp, Facebook, Instagram, dentre outros.

4. O desenvolvimento é particular entre os SOs:

Caso o guideline Google (material design) seja utilizado e este layout seja único, haverá a necessidade de reprodução do referido layout no app iOS. Tal reprodução, além de assassinar o head de design da Google, requer uso de ferramentas adicionais (frameworks para redução de esforço) ou desenvolvimento manual (acabando com a suposta economia gerada pelo layout único). Percebe a decisão desacertada?

Observações gerais:

Usuários iOS estão acostumados a manipular interfaces de maneira distinta dos usuários Android, e fazem isso a todo tempo em que usam seus smartphones.

Ainda que hajam medidas paliativas para os itens aqui mencionados, uma boa experiência do usuário pode ser afetada por isso. Nenhum dos itens acima é pétreo e repito: existem apps fantásticos com design único. A questão é que quem faz isso apenas para poupar trabalho normalmente não o faz muito bem…

Guardadas as devidas proporções, caso não haja viabilidade financeira para conceber design e experiência para cada SO, podem ser utilizadas abordagens para diminuir os impactos do layout único e ainda assim agradar muito aos usuários.

No fim das contas, fazer o “match” entre bolso e satisfação do usuário é o grande desafio.

Comments

comments

[mc4wp_form id="154"]