Written by

Ótimos motivos para diferenciar sua agência com outsourcing de aplicativos mobile

Sem categoria| Views: 546

Como profissional da área ou interessado no segmento, leia este artigo pra conhecer três bons motivos pelos quais agências podem considerar o outsourcing de aplicativos mobile como diferencial estratégico em suas contas.O desenvolvimento de aplicativos em geral não são, em nossa opinião, a “bola da vez” para as agências. Entretanto, pensar sobre o outsourcing de apps pode lhe abrir muitas oportunidades.

Agências sempre tiveram que fazer mais com menos (ROI frente ao budget disponível), é o que todos querem. Embora isso dependa de muitos fatores, várias ações atingem o mesmo ou mais resultado que um aplicativo para determinado fim. Por isso, pensamos que a característica mais bacana das melhores agências e que sempre foi a “bola da vez” é justamente fazer boa publicidade independente do canal ou tecnologia: causar alto impacto consumindo pouco do budget do cliente. That’s value!
Visto que “mobile é contexto” e o contexto do usuário muda o tempo todo: mobile (smartphone / wearable) acaba por ser também um mar de novas oportunidades frequentes. Particularmente, enxergamos que quem mais aproveita(rá) tais vantagens são agências que vêem nisso uma das formas de fazer publicidade e não a nova forma de fazer publicidade. Essa é a diferença entre criar aplicativos pautados em motivos estratégicos do cliente e criar aplicativos “porque o consumidor usa smartphone”.

Quer motivos pra considerar apps e se diferenciar? Toma:

Motivo 1: Entregas que perduram

Entregas que perdurem são um excelente diferenciador. Quem nunca comprou algo que parecia indestrutível? A questão aqui é que muitas ações ou entregas feitas pelas empresas (incluindo apps) não perduram.
O cliente final muda e os negócios mudam, mas os pilares centrados no consumidor serão sempre bem vindos, olha só: transparência e agilidade no atendimento, qualidade e detalhamento de informações sobre o produto/serviço ofertado, e alternativas frente à maneira de interagir com uma empresa. Diferente de “modismos” passageiros, esses pilares são excelente alicerce para embasar um aplicativo que perdure por se tornar diferencial estratégico para o cliente. Update: aqui nos referimos a perdurar em estratégia e diferencial, não em baixa depreciação frente à tecnologia.

App integrado a algo que já é bom

Boa parte de nós já usou um app visto como peça-chave em uma nova maneira de fornecimento de serviço. Isso não significa que o aplicativo é a empresa, mas sim que ele foi integrado com caráter diferenciador à estratégia de desta. Ao estar mais próxima do cliente, uma organização pode otimizar muito a sua postura em promoções, campanhas e relacionamento geral.

É fácil observar que as empresas têm passado a maior quantidade possível do trabalho de atendimento ao próprio cliente. Utilizam plataformas bonitas e interativas, economizam significativamente com processos, mineram informações valiosas e ainda deixam seus consumidores felizes com a praticidade. Isso permite alavancar outras áreas importantes para a solidificação da empresa no mercado, principalmente por utilizar as informações mencionadas anteriormente.
Não quero dizer que toda organização deve ofertar um novo canal no formato acima descrito, mas sim que um canal/ação pode ser considerado e melhor ainda: que sua agência pode ser capacitada para pensar nisso e em muito mais.

Motivo 2: Unir o útil ao agradável

Quando uma agência considera ofertar aplicativos – simples ou robustos – a seus clientes, é extremamente interessante que ela participe da concepção.
Observe: a confiança do cliente está (ou deveria estar, rs) depositada nos profissionais que já cuidam de sua conta. Tais profissionais entendem o nicho de atuação e, junto à uma boa fábrica de software conseguirão chegar a resultados que poderiam não acontecer caso as equipes trabalhassem de forma isolada.

 

Não é necessário que o time da agência se envolva com atividades diferentes de seu core business, afinal um dos principais motivos do outsourcing é o foco em sua própria área de atuação. A união de conhecimento sobre sua área, know-how sobre a operação do cliente e uma boa fábrica de apps são elementos para um projeto promissor. Todos ganham.

Motivo 3: Diferenciação e aumento de rentabilidade

Aumentar o leque de serviços, direcionar a responsabilidade técnica, reter credibilidade e lucro frente ao valor gerado para o cliente: é mais simples escrever do que fazer, mas são pontos que uma agência conquistará ao usufruir do outsourcing de aplicativos bem estruturado.

Diferente e assertivo

Pense nas atuais tarefas da agência com a qual você tem contato: certamente há significativo nível de maturidade, assim como lucratividade conhecida para cada boa parte delas. É neste ponto em que começa o “oceano vermelho” entre as agências, ofertando os mesmos serviços e concorrendo às mesmas contas. Sozinho o outsourcing não garante passe livre desta briga, a questão é: estruturar e conceber soluções que insiram seu cliente no mundo mobile certamente trará grande diferencial para sua empresa. Olhe pra isso.

Money time!

Manter baixo índice de situações adversas e aumentar a receita gerada é o que as empresas querem. Para que isso aconteça, é possível:

a. Iniciar novas operações dentro da agência e, consequentemente, lutar contra os diversos problemas decorrentes. Agências que também se vendem como “desenvolvedoras de software”, em sua grande maioria, me parecem tão eficientes quanto um eletricista que oferece serviços complementares de pedreiro e encanador.

b. Contratar especialistas em outsourcing, focar em sua área de atuação e aproveitar oportunidades para lucrar com a maturidade já existente em cada empresa.

Capptan | mobile expert.

Comments

comments

[mc4wp_form id="154"]