Written by

5 Dicas matadoras para o lançamento de um aplicativo

tips from team, Todos| Views: 200

Agregar comodidade a produtos e serviços é o objetivo de toda empresa que se preze, afinal, são fatores que agradam o cliente e o mantém fidelizado. No fim das contas, quais questões você deve levar em conta para traçar um plano consistente e lançar um aplicativo de sucesso?

Confira:

 

  1. Definir um Público

Seu aplicativo possuirá diferentes tipos de usuários? Neste caso, a equipe não deve deixar de considerar que cada persona (perfil de usuário) pode realizar tarefas totalmente diferentes no software. Para tanto, categorize seus usuários em perfis e identifique quais os interesses de cada. Desta forma, sua aplicação será congruente às expectativas e, mesmo com diversos perfis de usuários, específica para as realidades a que se propõe. Conseguir identificar o público que o app atingirá impacta na escolha das melhores funcionalidades e também em seu investimento inicial.

 

 

  1. Definir um Propósito

Não falamos sobre o que o aplicativo faz (funcionalidades) mas sim qual o propósito do mesmo (objetivo). Ter isso em mente, de forma clara, ajuda a responder a seguinte pergunta: “Sua empresa precisa de um aplicativo? ”

Ao categorizar o app a ser desenvolvido, sua equipe conseguirá avaliar o impacto que ele causará na empresa e também dimensionar o investimento de tempo e outros recursos. Observe que a escolha de um propósito deve estar alinhada à definição de seu público, isto é: sanar um problema específico, prover economia de tempo ou entregar informações úteis.

 

 

  1. Selecionar outsourcing capacitado

Busque identificar se a empresa contratada para montagem e desenvolvimento do projeto está disposta a questionar suas ideias e propor melhorias, assim como lhe ajudar a traçar um planejamento para conquistar os primeiros usuários e aumentar sua base. Perceba se apresentam os diferentes tipos de tecnologias para criar seu aplicativo e também as vantagens e desvantagens de cada uma. Ah, e é claro: esteja atento aos trabalhos anteriores – portfolio – para verificar a qualidade do produto final.

 

 

  1. Executar conscientemente

Na Capptan somos fãs do MVP (Minimum Viable Product) e isso não é novidade. Trabalhar desta maneira (inicialmente criando o menor produto necessário para atender à necessidade) significa estabelecer foco para que o produto seja construído da melhor forma possível e possa entrar em operação rapidamente. Busque encontrar a essência, ou seja, a principal função que seu aplicativo deve ter para atender o propósito – vulgo “tire os fru-frus” – e trabalhe arduamente nisso. É importantíssimo compreender o limite do escopo de seu app e saber o quão grande ele pode ficar, mas não se perca pensando em infinitas opções logo no início.

 

 

  1. Ouvir seus usuários

Here we are! Seu plano foi executado com sucesso por uma equipe bacana e sua empresa tem uma versão do aplicativo no mercado. Pois bem, imagina que ótimo seria um plano de “Versão 2” totalmente priorizado mediante o que os usuários disseram de bom e de ruim? Eis a dica: colha o máximo de feedbacks possível, esta é a grande vantagem de lançar um MVP: investir pouco para ouvir. Filtre os feedbacks recebidos e crie o que realmente for útil e consistente.

 

 

Empresas que se preocupam com os itens acima certamente enviarão e-mails para nós da Capptan 😉 #fikdik

Comments

comments

[mc4wp_form id="154"]